Adriano Albuquerque é jornalista esportivo e serviu como editor e repórter do site BasketBrasil (http://www.basketbrasil.com.br) por cinco anos, entre 2005 e 2010. Já passou pelas redações do diário LANCE! e do site Globoesporte.com, e cobriu diversos esportes como basquete, futebol americano, futebol, beisebol, streetball, tênis, vôlei e natação. Também foi assessor de imprensa da Federação de Futebol Americano do Rio de Janeiro e do Botafogo Mamutes. Atualmente, cobre MMA para o SporTV.com. É torcedor do Detroit Pistons desde os tempos dos Bad Boys de Isiah Thomas, Joe Dumars e Bill Laimbeer.

Quem Vai Levar - MIP: O Que Números Não Mostram

Nos últimos meses, estamos acompanhando os desempenhos dos jogadores da NBA na corrida pelas premiações anuais, usando como base de comparação as estatísticas de cada um deles. Certas coisas, porém, não são capturadas simplesmente no box score de cada jogo, e algumas nem através das estatísticas avançadas. Às vezes, só no olho que você percebe uma diferença em cada jogador.

Para falar do Jogador de Maior Evolução da Temporada, o Most Improved Player (MIP), é mais ou menos assim. Estamos usando as estatísticas a cada 36 minutos, mais eficientes para medir a consistência produtiva de cada jogador do que as estatísticas por jogo, já que os minutos de cada atleta flutuam a cada jogo de acordo com uma série de fatores (estilo do adversário, fadiga, lesões, faltas, etc). Ainda assim, essa ferramenta tem sido insuficiente para apontar o tamanho da evolução de alguns jogadores que deram enormes saltos nesta temporada.

Veja Blake Griffin, por exemplo. Ele não aparece citado em nenhuma das nossas colunas sobre MIP até aqui, mas é considerado por muitos o favorito ao prêmio neste ano. As melhoras em pontos (21,5 na carreira para 24,4 neste ano), chutes de 3 (23,6% para 28,9%) e lances livres (63,4% a 69,8%) são tímidas, não se comparam aos saltos de outros jogadores como Lance Stephenson, Goran Dragic e Tony Wroten. Porém, uma olhada nos seus shot charts já ajudam a pintar outra imagem: anteriormente um jogador unidimensional, com aproveitamento acima da média apenas próximo ao aro, Griffin acrescentou arremessos confiáveis do topo do garrafão e do canto esquerdo, além de chutes razoáveis no bloco esquerdo e de meia-para-longa distância no lado direito. Na defesa, ele evoluiu bastante também, onde, segundo o site Synergy Sports, cede apenas 0,88 pontos por jogada, incluindo 0,77 quando defende jogada em isolação e 0,81 quando defende contra oponentes no post-up.

E Gerald Green? Um nômade nos primeiros anos de sua carreira, o ala do Phoenix Suns se firmou na NBA nos últimos dois anos, com boas participações como reserva no New Jersey Nets e Indiana Pacers. Todavia, no Arizona, Green deu um salto ainda maior e virou um dos jogadores mais importantes de sua equipe. Outro jogador que começou a carreira como um finalizador impiedoso nas enterradas, Green desenvolveu seu arremesso e, neste ano, só tem duas zonas "vermelhas" (abaixo da média) em seu shot chart, os blocos esquerdo e direito, regiões geralmente reservadas aos pivôs. Na defesa, também melhorou muito: ele cede apenas 0,64 pontos por jogada em situações de isolação, o que o coloca em 39º na NBA, e 0,85 pontos por jogada em geral. Os números mostram que ele melhorou, mas só vendo o jogador em quadra para reparar como sua confiança e utilidade mudaram.

Esses dois nomes aparecem agora bem alto na nossa mais recente análise da disputa pelo MIP. Outros nomes que não vinham entrando estão incluídos na lista desta vez. Mantivemos a comparação dos números a cada 36 minutos, na carreira e neste ano (quando o jogador é segundoanista, comparamos apenas com a primeira temporada), a título de informação, mas lembre-se: números não são tudo...

1. Gerald Green, Phoenix Suns: Carreira - 17,3 pts, 4,6 rebs, 1,8 ast, 42,5% FG, 36,7% 3pts, 81,5% LL; 2013-14 - 19,4 pts, 4,3 rebs, 2,0 asts, 44,4% FG, 39,3% 3pts, 85,1% LL

2. Blake Griffin, Los Angeles Clippers: Carreira - 21,5 pts, 10,3 rebs, 3,6 asts, 53,1% FG, 23,6% 3pts, 63,4% LL; 2013-14 - 24,4 pts, 9,7 rebs, 3,6 asts, 53,9% FG, 28,9% 3pts, 69,8% LL

3. Lance Stephenson, Indiana Pacers: Carreira - 12,1 pts, 5,9 rebs, 4,3 asts, 46,7% FG, 31,8% 3pts, 67,6% LL; 2013-14 - 14,1 pts, 7,3 rebs, 5,0 asts, 49,5% FG, 34,2% 3pts, 70,6% LL

4. Anthony Davis, New Orleans Pelicans: Carreira - 18,9 pts, 10,3 rebs, 1,4 asts, 2,6 blks, 51,9% FG, 76,2% LL; 2013-14 - 20,9 pts, 10,3 rebs, 1,6 asts, 2,9 blks, 52,1% FG, 77% LL

5. Goran Dragic, Phoenix Suns: Careira - 16,7 pts, 3,8 rebs, 6,8 asts, 45,9% FG, 36,3% 3pts, 74,7% LL; 2013-14 - 21,3 pts, 3,5 rebs, 6,4 asts, 51% FG, 41,7% 3pts, 76,2% LL

6. DeMarcus Cousins, Sacramento Kings: Carreira - 20,8 pts, 12,1 rebs, 2,9 asts, 1,2 blks, 45,7% FG, 71,4% LL; 2013-14 - 24,8 pts, 13 rebs, 3,2 asts, 1,4 blks, 48,8% FG, 72,6% LL

7. DeMar DeRozan, Toronto Raptors: Carreira - 17,9 pts, 4,0 rebs, 2,3 asts, 44,9% FG, 26,4% 3pts, 81% LL; 2013-14 - 21,4 pts, 4,2 rebs, 3,6 asts, 43,3% FG, 30,4% 3pts, 80,7% LL

8. Serge Ibaka, Oklahoma City Thunder: Carreira - 14,2 pts, 9,8 rebs, 0,6 asts, 55% FG, 35,8% 3pts, 72,6% LL; 2013-14 - 16,7 pts, 9,8 rebs, 1,0 asts, 54,4% FG, 36,4% 3pts, 78,1% LL

9. James Johnson, Memphis Grizzlies: Carreira - 12,7 pts, 6,4 rebs, 3,1 asts, 44,5% FG, 27% 3pts, 70,9% LL; 2013-14 - 14,8 pts, 6,6 rebs, 4,2 asts, 45,6% FG, 26,1% 3pts, 84,7% LL

10. Reggie Jackson, Oklahoma City Thunder: Carreira - 14,8 pts, 5,0 rebs, 4,9 asts, 42,7% FG, 27,5% 3pts, 86,9% LL; 2013-14 - 16,9 pts, 5,1 asts, 4,7 rebs, 43,7% FG, 32% 3pts, 88,5% LL

Correndo por fora: Shaun Livingston, Brooklyn Nets, Markieff Morris, Phoenix Suns; Isaiah Thomas, Sacramento Kings; Bradley Beal, Washington Wizards; Tony Wroten, Philadelphia 76ers; Spencer Hawes, Cleveland Cavaliers

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • James Gets Busy

    Mike James abuses the defender with the sick step back jumper and drills the triple.
  • Simmons and Graham Highlights

    Check out the highlights from Jonathan Simmons (Championship game MVP, 23 points) and Treveon Graham (22 points) in the Spurs win over the Suns.
  • Oop to Simmons

    Kyle Anderson launches the deep alley-oop lob to Jonathan Simmons who throws it down with two hands.
  • Anderson's Amazing Dime

    Kyle Anderson delivers the amazing behind-the-back dish to Shannon Scott for the deuce.
  • Suns vs. Spurs

    Becky Hammon guides the Spurs to the Las Vegas Summer League title as Jonathan Simmons wins championship game MVP in the 93-90 win over the Suns.
  • Spurs Win Summer League Championship

    Becky Hammon leads the San Antonio Spurs to a championship in the Las Vegas Summer League. Jonathan Simmons wins Summer League Championship game MVP.
  • Spurs Win Summer League Championship

    Becky Hammon leads the San Antonio Spurs to a championship in the Las Vegas Summer League. Jonathan Simmons wins Summer League Championship game MVP.
  • Quick Steal and Slam

    Mike James makes the quick steal and goes in for the one-hand jam.
  • Quick Steal and Slam

    Mike James makes the quick steal and goes in for the one-hand jam.
  • Atkins And-one

    Darion Atkins follows the miss with an athletic tip-in plus the foul.
  • Jeff Hornacek Interview

    Suns head coach Jeff Hornacek talks about his team during the Vegas Summer League championship game.
  • Anderson's 22 Points

    Kyle Anderson puts up 22 points and eight rebounds to lead the Spurs over the Hawks.