Brazucas na Pré-temporada da NBA

Com o começo da temporada da NBA de 2004-05 em apenas algumas semanas, os jogadores brazucas da NBA participam de partidas de exibição durante a pré-temporada e já se prepararem para uma temporada histórica na liga norte-americana. Confira abaixo as suas declarações concernentes as suas preparações físicas para esta próxima temporada da NBA.

CLEVELAND CAVALIERS
ANDERSON VAREJÃO

“Estava meio enferrujado, mas no Brasil fui capaz de me exercitar e jogar basquete. Desde a orientação dos novatos da NBA, tenho treinado muito duro todos os dias. Estou pronto para a temporada.”

(Sobre a invasão brasileira na NBA com cinco jogadores brazucas)
“É muito bom para o Brasil como um país porque abre as portas ao basquete dos Estados Unidos. É também bom para os jogadores porque há muitos bons jogadores no Brasil e isso lhes dão uma possibilidade maior de chegar aqui. Penso que os jogadores brasileiros atualmente na NBA irão fazer uma grande contribuição aqui.”

NEW ORLEANS HORNETS
ALEX GARCIA


Alex Garcia

"Permaneci no Brasil durante o verão e treinei quatro horas por dia, duas horas em arremessos e duas horas correndo e condicionamento. Isso me ajudará agora para a pré-temporada e durante a temporada regular inteira."

(Sobre os brasileiros na NBA nesta temporada)
"Isso é muito importante para o nosso país. O basquetebol no Brasil não tem sempre sido um dos melhores, mas agora os jogadores brasileiros são capazes de jogar no nível da NBA, o que é muito bom para o país ao mostrar para as pessoas que nós podemos jogar na liga."

DENVER NUGGETS
NENÊ

"Voltei a Denver dois meses mais cedo para trabalhar no meu jogo e me preparar para esta temporada.”

"Ao ter mais brasileiros na NBA, abre as portas para ainda mais jogadores brasileiros na liga. Os técnicos gostam do nosso jogo porque os jogadores brasileiros jogam com paciência e energia."

PHOENIX SUNS
LEANDRO BARBOSA


Leandrinho e Nash
No ano passado, tive uma boa experiência e aprendi muitas coisas. Os técnicos me ajudaram muito na quadra. O técnico D'Antoni me deu muitas oportunidades de jogar e de receber minutos. Isso foi bom para mim, e antecipo ajudar a equipe nesta temporada.

(Sobre Tabuse)
Joguei com ele na liga de verão. Ele é um rapaz e um jogador muito bom. Ele é muito rápido, e é bom em ajudar o Steve Nash e eu com a nossa defesa. Ele contribuirá a nossa equipe.

(Sobre o seu inglês)
Tento falar e conversar com muitas pessoas. Sei que se digo algo incorreto, as pessoas me ensinarão o meio correto de dizer as coisas. Sinto-me confortável ao conversar com os rapazes da equipe. E isso é importante. Como um armador, eu tenho que ser capaz de conversar com os meus companheiros de equipe.

Eu não tenho nenhuma barreira de linguagem na quadra. Era difícil quando alguém vinha para mim na quadra e dizia algo que eu não entendia. Agora entendo muito melhor e estou muito feliz e confortável na quadra.

(Sobre 2004)
Para mim, os técnicos me ensinaram muito, então penso que esta nova temporada será muito boa para mim. Aprenderei muito com o Steve Nash, também. É importante que eu aprenda com ele. Dessa maneira eu poderei ajudar mais a equipe.

NBA nas redes sociais

Vídeo