Guilherme Buso deu seus primeiros arremessos numa quadra de basquete aos 9 anos de idade. Desde então, disputou todos os campeonatos das categorias de base, atuou por uma temporada de High School nos Estados Unidos e foi parte da equipe adulta de Santo André até sua formação acadêmica como jornalista na Universidade Metodista. Produziu o documentário "Bola ao Cesto", que faz uma retrospectiva detalhada da Seleção Brasileira de basquete masculina. Foi repórter da TV Federação Paulista de Futebol, mas jogar, assistir e comentar os jogos da bola laranja sempre foram sua tarefa predileta. Atualmente, é gerente de comunicação da Liga Nacional de Basquete e escreve para a NBA desde 2007.

O Nosso Raulzinho

Rostinho de criança, magrinho demais, nem parecia que aquele menino que estava na quadra poderia atuar numa partida de basquete com os profissionais. No primeiro NBB, em 2009, toda vez que o Minas Tênis Clube jogava, a expectativa era grande para ver se o camisa 8, Raul Togni Neto, filho do ex-armador da Seleção Brasileira, Raul Togni Filho, teria sua chance de jogar.

Muitos comentavam que o menino de 17 anos e que já vestia a camisa do time principal, era realmente acima da média. No entanto, ao olhá-lo fisicamente não dava para esperar muita coisa.

Raulzinho, como era carinhosamente apelidado, não teve muitas oportunidades na primeira temporada entre os grandões. Porém, nas categorias de base, o jovem armador começava a despontar como uma das principais sensações do basquete brasileiro. Com 1,82m de altura, ele voava em quadra com seu estilo de jogo explosivo e, ao mesmo tempo, conseguia jogar com inteligência como a de um experiente armador.

Na temporada 2009/2010, Raulzinho pôde mostrar seu potencial entre os atletas mais velhos. O talento do jogador o levou ao prêmio de Revelação do NBB, troféu que ele não pôde receber pessoalmente, pois já estava treinando com a Seleção Brasileira sub-18 que disputaria a Copa América da categoria.

O armador, ao lado do pivô Lucas Bebê, comandaram a Seleção na competição e chamaram a atenção de todo mundo, pois quase conseguiram desbancar os Estados Unidos, na casa deles. Os brasileiros enfrentaram na final o selecionado norte-americano, que tinha craques como Kyrie Irving e Austin Rivers, e perderam o jogo na última posse de bola.

Naquele ano, Raulzinho não tirou férias, porque logo depois da Copa América, foi convocado para a Seleção Brasileira principal e ficou no grupo final que embarcou para a Turquia para a disputa do Campeonato Mundial. Aos 18 anos, o armador já fazia parte da elite do basquete brasileiro.

Na temporada seguinte, a pressão foi grande em cima do jovem talento do Minas. A revelação do último campeonato passou a ser uma das grandes estrelas do NBB. Raulzinho foi protagonista da campanha de basquete do SporTV , ao lado de dois ícones da modalidade nacional: Marcelinho Machado e Alex Garcia.

O NBB 2010/2011 não foi fácil para o armador, que acabou atuando menos do que se esperava. Raulzinho foi reserva do time do Minas e não estourou como a maioria das pessoas imaginavam. Porém, algo muito maior estava por vir no final da temporada.

Raulzinho, novamente ao lado de Lucas Bebê, foram as grandes estrelas da Seleção Brasileira Sub-19 que disputou o Campeonato Mundial da categoria em 2011. A expectativa era grande em cima dessa equipe, mas a eliminação repentina na fase de classificação, após uma derrota sofrida diante da rival Argentina, foi uma verdadeira decepção para os brasileiros.

Nada disso abalou o jovem armador, que logo em seguida, foi anunciado como a nova contratação do Lagun Aro, equipe da Liga ACB, da Espanha. A mudança de ares fez muito bem ao jogador, que logo na primeira temporada no campeonato espanhol (2011/2012), mostrou todo seu potencial, conquistando a vaga de titular do time de San Sebástian e sendo indicado para o prêmio de revelação do ano.

Mais uma vez, Raulzinho não teve descanso nas férias e se apresentou para a Seleção Brasileira principal. Agora, a missão era outra: os Jogos Olímpicos de Londres. E a disputa por uma das 12 vagas era muito mais intensa. O garoto ficou no grupo de novo e, aos 20 anos, defendeu as cores do Brasil na maior competição esportiva do mundo.

A carreira estava apenas começando e o armador já havia conseguido alcançar diversos sonhos. Faltava apenas um para a lista de Raulzinho e, rapidamente, esse desejo também foi conquistado.

Na última semana, ele alcançou seu sonho de criança que era chegar à NBA. O armador foi escolhido no Draft da maior liga do mundo e está bem perto de concretizar mais esse objetivo.

Vê-lo subir naquele palco, recebendo o boné de um time da NBA, nos faz lembrar toda essa meteórica trajetória, que parece que já estava traçada. É lógico que fica fácil, agora, dizer que já sabíamos que isso iria acontecer. Mas para quem acompanhou a carreira desse menino desde o primeiro NBB, essa é verdadeiramente a sensação. O dia finalmente chegou.

Boa sorte Raulzinho! Estamos torcendo muito por você...

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • James Gets Busy

    Mike James abuses the defender with the sick step back jumper and drills the triple.
  • Simmons and Graham Highlights

    Check out the highlights from Jonathan Simmons (Championship game MVP, 23 points) and Treveon Graham (22 points) in the Spurs win over the Suns.
  • Oop to Simmons

    Kyle Anderson launches the deep alley-oop lob to Jonathan Simmons who throws it down with two hands.
  • Anderson's Amazing Dime

    Kyle Anderson delivers the amazing behind-the-back dish to Shannon Scott for the deuce.
  • Suns vs. Spurs

    Becky Hammon guides the Spurs to the Las Vegas Summer League title as Jonathan Simmons wins championship game MVP in the 93-90 win over the Suns.
  • Spurs Win Summer League Championship

    Becky Hammon leads the San Antonio Spurs to a championship in the Las Vegas Summer League. Jonathan Simmons wins Summer League Championship game MVP.
  • Spurs Win Summer League Championship

    Becky Hammon leads the San Antonio Spurs to a championship in the Las Vegas Summer League. Jonathan Simmons wins Summer League Championship game MVP.
  • Quick Steal and Slam

    Mike James makes the quick steal and goes in for the one-hand jam.
  • Quick Steal and Slam

    Mike James makes the quick steal and goes in for the one-hand jam.
  • Atkins And-one

    Darion Atkins follows the miss with an athletic tip-in plus the foul.
  • Jeff Hornacek Interview

    Suns head coach Jeff Hornacek talks about his team during the Vegas Summer League championship game.
  • Anderson's 22 Points

    Kyle Anderson puts up 22 points and eight rebounds to lead the Spurs over the Hawks.