Nenê bate recorde pessoal de assistências igualando marcas de Shaquille e Dirk Nowitzki

Por Paulo Roberto Araújo Filho


Nenê
Garrett W. Ellwood/NBA/Getty Image

No duelo dos jogadores de melhor aproveitamento de arremessos nesta temporada da NBA, o brasileiro Nenê (54,4% de acerto no ano) encarou o superpivô Shaquille O´Neal (57% de accerto no ano) de igual para igual. Apesar de ter feito só 10 pontos (mesma pontuação de seu adversário direto, o ucraniano Slava Medvedenko) contra 16 de Shaq que ainda pegou 8 rebotes, Nenê contribuiu no dia 25 de fevereirode 2004, para o Denver com seis rebotes, três roubos de bola e um recorde pessoal de oito assistências, comprovando sua evolução nos passes para níveis de pivô europeu.

Além disso, o gigante paulista acertou 4 de 5 finalizações, um aproveitamento melhor que o de O´Neal (5 em 10), mas errou 4 de 6 lances livres que poderiam ser decisivos. O ponto alto foi mesmo o Nenê garçom, a marca de oito assistências em uma partida jamais foi alcançada por astros altos do porte de Jermaine O´Neal (Indiana), Ben Wallace (Detroit), Peja Stojakovic (Sacramento), Yao Ming (Houston), Zydrunas Ilgauskas (Cleveland) e Dikembe Mutombo (NY Knicks).

O brazuca igualou o recorde da carreira do alemão Dirk Nowitzki, melhor jogador do Mundial-2002, e o recorde da temporada do próprio Shaq, cuja melhor performance na carreira em termos de passes foi de nove assistências. Os gigantes americanos melhores em passes são Tim Duncan, Kevin Garnett, Chris Webber, Brad Miller, todos All-Stars.

Nesta temporada, Nenê já bateu seu recorde pessoal de passes para cesta quatro vezes e vem entrando para a escola dos gigantes acima de 2,10m com grande visão de jogo, cujos maiores representante são o veterano pivô sérvio de 2,16m Vlade Divac, do Sacramento, e o lituano Arvydas Sabonis, ex-Portland. O brasileiro foi o melhor passador do Denver ontem, superou a soma de assistências dos armadores principais Andre Miller (3) e Earl Boykins (4), merecendo os elogios do técnico Jeff Bzdelik.

“Além de energizar o time com suas enterradas, Nenê tornou-se uma boa opção de passe no garrafão, ele está pensando mais rápido. É raro ver um jogador tão alto (2,11m) enxergando tão bem o posicionamento dos companheiros. Os pivôs europeus da NBA só se consagraram nesse fundamento com a experiência, depois dos 30 anos, e Nenê aos 21 anos já dá mostras de talento nesse sentido. Ele está só na segunda temporada e vai evoluir em outros aspectos como os lances livres,” elogiou Bzdelik.

“Quero trabalhar aspectos diferentes do meu jogo, o Divac é respeitado como bicampeão mundial porque tem um talento completo de fundamentos e sabe jogar em até três posições. Não dá para ser armador com meu tamanho, mas eu improviso bem,” disse Nenê.

Perfil de Paulo Roberto Araújo Filho

Paulo Roberto Araújo Filho , 25 anos, iniciou sua carreira jornalística em 1997, graduando-se em 1999 pela Universidade Metodista de São Paulo. Foi locutor e repórter da rádio comunitária Vitrola FM em São Caetano do Sul antes de ingressar como estagiário no LANCE!, maior jornal de esportes do Brasil, dois dias antes da Copa do Mundo de 1998. Especializou-se na cobertura de estatísticas esportivas, handebol e basquete (nacional e NBA) antes de se tornar chefe da edição de Curitiba e posteriormente editor na edição principal, de São Paulo. Mesmo com a promoção, continuou a escrever matérias e colunas sobre a NBA, além de especiais sobre outros esportes. No LANCE!, participou como editor das coberturas de três GPs do Brasil de Fórmula 1, Copa do Mundo de futebol (2002), Olimpíadas de Sydney-2000 e Jogos Pan-Americanos de 2003. Suas outras áreas de interesse profissional são cultura e política. Fez pós-graduação nessas áreas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em 2004 vai defender uma tese sobre a Guerra Fiscal e sua repercussão na imprensa regional na disputa entre Bahia e Rio Grande do Sul pela fábrica da Ford em 2000.

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Rockets vs. Kings

    Ray McCallum scores 29 points and grabs nine rebounds as the Kings beat the Rockets on Monday night.
  • Kings, McCallum Accept Trophies

    The Sacramento Kings and MVP Ray McCallum are presented with the Summer League championship trophy
  • Backyard Hoops

    Ray McCallum hits a crazy one-legged three to highlight the Sacramento comeback.
  • Johnson Takes Flight

    Nick Johnson takes the nice feed and deposits the reverse slam with ease.
  • McLemore Explodes to the Rim

    Ben McLemore drives the lane and flushes with the right hand.
  • Canaan Denied

    Eric Moreland swats the Isaiah Canaan offering with authority.
  • Kings vs. Wizards

    MarShon Brooks scores 14 points, Ray McCallum adds 11 points, as the Kings beat the Wizards 74-62 to advance to the Summer League Finals game.
  • Postgame: Ray McCallum

    Ray McCallum speaks to Rick Fox after scoring 11 points in a victory over the Wizards.
  • Oriakhi Cleans Up

    Nik Stauskas misses on the triple, and Alex Oriakhi cleans up strong with the putback dunk.
  • Oriakhi Cleans Up

    Nik Stauskas misses on the triple, and Alex Oriakhi cleans up strong with the putback dunk.
  • Hornets vs. Rockets

    Isaiah Canaan scores 24 points, Donatas Motiejunas adds 18 points as the Rockets beat the Hornets 83-79 to advance to the Summer League Finals game.
  • Mitch Richmond Interview

    Mitch Richmond speaks with Rick Fox about being inducted into the Naismith Hall Of Fame, and about the Sacramento Kings change of culture.