Foi a paixão pelo basquetebol que trouxe Rubens Borges ao jornalismo. De 2005 até 2011 Rubens foi repórter do BasketBrasil (http://www.basketbrasil.com.br). Após sair do BasketBrasil, Rubens não conseguiu ficar longe do basquetebol por muito tempo e criou o Hit The Glass (http://www.hittheglass.blogspot.com.br) onde segue iluminando os fãs da NBA.

Chalk Talk: Portas do Elevador

Todas equipes da NBA tem uma jogada preferida. Aquela jogada feita para livrar o seu melhor pontuador em momentos chave do jogo. O Golden State Warriors tem dois dos melhores arremessadores da NBA. Stephen Curry, quando não está finalizando perto do aro, é indiscutivelmente o melhor no que faz, Klay Thompson não fica muito atrás. É esperado que a jogada preferida do Warriors seja feita para livrar os dois.

Fechando as portas do elevador.

Assim é conhecida a jogada preferida do time californiano. Sempre que o Warriors fecha as portas do elevador, Thompson ou Curry aparecem livres dos 3 pontos. É uma jogada perfeita para o Warriors. O time tem um ala-pivô e pivô fortes, combinação rara na NBA de hoje em dia, e Curry e Thompson são ameaças de qualquer lugar na quadra.

Executada de maneira correta, a Portas do Elevador deixa Curry ou Thompson com todo o tempo do mundo para parar, pensar, medir a direção e força do vento, desejar um feliz Natal para a família e arremessar.

A jogada começa com um horns simples – horns: jogada de ataque que começa com o pivô e ala-pivô nos cotovelos do lance-livre e ala e ala-armador nas zonas mortas. Eu prometo para vocês, Thompson está ali no canto, logo o veremos.

Curry traz a bola para o ataque e David Lee se apresenta para receber o passe.

Após entregar a bola para Lee, Curry corre em direção ao ala-pivô. Lee finge que entregará a bola ao seu armador, não é a finta mais eficiente, mas serve para congelar o defensor e dar alguns décimos de segundo para que Curry chegue ao seu destino sem ser incomodado.

Em nenhum momento o objetivo de Curry é pegar a bola de volta.

Curry pretende chegar até Thompson (não falei que ele estava ali?) Para fazer o corta-luz. O corta-luz dá a vantagem que Thompson precisa para deixar Eric Gordon correndo atrás do ala-armador do Warriors.

Vender a ideia de que Thompson quer ir para a cesta é essencial na jogada. Fazendo isso de maneira correta, Gordon vai tentar se recuperar, aumentando a velocidade de sua corrida para cortar o caminho de Thompson. Isso é exatamente o que o ala-armador quer.

Com espaço suficiente, as portas do elevador podem fechar de maneira eficiente. Aqui, o New Orleans Pelicans resolveu trocar a marcação, agora Jrue Holiday está em Thompson. Isso também funciona, difícil uma defesa trocar a marcação sem perder um pouco o contato com um dos atacantes.

Lee e Jermaine O'Neal fecharão as portas do elevador – ha! Adoro jogadas com nomes criativos.

Deixando Thompson com tempo suficiente para arremessar. "Oi mãe! Feliz Natal! Manda um beijo para todos aí em casa. Espera, deixa eu arremessar, já volto".

Quando a jogada é feita para Curry….

... Ela funciona….

... Exatamente da mesma maneira. Destaquei como a presença de Thompson faz com que o defensor não ajude em nada sua defesa, grudado em um grande arremessador.

E Curry também tem toda a luz do dia para arremessar.

Assim que o Warriors livra seus dois melhores arremessadores. A vantagem do Warriors é que Curry e Thompson são excelentes quando saem de corta-luzes, tornando a jogada uma grande opção para três pontos.

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Varejao Injury

    Anderson Varejao fights for the rebound and comes down awkwardly on his left leg and would sustain a leg injury.
  • Lillard and Westbrook Battle

    Check out the highlights from Damian Lillard and Russell Westbrook as they battle in OKC.
  • Warriors vs. Lakers

    Carlos Boozer scores 18 points in his new role off the bench, and the Lakers shock the league-leading Warriors 115-105 on Tuesday night without Kobe Bryant.
  • Postgame: Nick Young

    Nick Young talks postgame after the Lakers defeat the Warriors 115-105 on Tuesday night.
  • Andrew Wiggins Scores 27 Points Against Cavs

    Andrew Wiggins leads the Timberwolves in scoring with 27 points against the Cavaliers.
  • Lillard Scores 40

    Damian Lillard goes off for 40 points and delivers 11 assists in the Portland victory over the Thunder.
  • Mavericks vs. Suns

    Eric Bledsoe gets his second career triple-double as Phoenix wins its fourth in a row, beating the Mavericks 124-115.
  • Walker Goes Dancing

    Kemba Walker shakes things up with these nasty moves, ending the night with 27 points and four assists.
  • Westbrook Drops 40

    Russell Westbrook scores 40 points and grabs 10 rebounds against the Trail Blazers on Tuesday night.
  • Young's Dish to Johnson

    Nick Young feeds Wesley Johnson a perfect alley-oop.
  • Young's Dish to Johnson

    Nick Young feeds Wesley Johnson a perfect alley-oop.
  • Hornets vs. Bucks

    Kemba Walker scores 27 points and Gerald Henderson adds 16 as Charlotte holds off the Bucks 108-101 on Tuesday night.