Adriano Albuquerque é jornalista esportivo e serviu como editor e repórter do site BasketBrasil (http://www.basketbrasil.com.br) por cinco anos, entre 2005 e 2010. Já passou pelas redações do diário LANCE! e do site Globoesporte.com, e cobriu diversos esportes como basquete, futebol americano, futebol, beisebol, streetball, tênis, vôlei e natação. Também foi assessor de imprensa da Federação de Futebol Americano do Rio de Janeiro e do Botafogo Mamutes. Atualmente, cobre MMA para o SporTV.com. É torcedor do Detroit Pistons desde os tempos dos Bad Boys de Isiah Thomas, Joe Dumars e Bill Laimbeer.

Quem Vai Levar - Técnicos: Vogel e Pop à frente

Hoje o "Quem vai levar" analisa os melhores técnicos do primeiro mês e meio da temporada, uma lista em que Mike Woodson e Jason Kidd certamente NÃO estão. Tudo bem, os dois são vítimas de lesões, e o Kidd é novato, mas com os elencos caríssimos que eles têm, poderiam fazer melhor, não? E o truque do copo com gelo que Kidd tentou usar no jogo contra o Lakers? Caído, Kidd, caído.

Ranking da corrida pelo prêmio de Técnico do Ano
1. Frank Vogel, Indiana Pacers (18-3)
2. Gregg Popovich, San Antonio Spurs (15-4)
3. Terry Stotts, Portland Trail Blazers (18-4)
4. Erik Spoelstra, Miami Heat (16-5)
5. Kevin McHale, Houston Rockets (15-7)
6. Rick Carlisle, Dallas Mavericks (13-9)
7. Jeff Hornacek, Phoenix Suns (11-9)
8. Scotty Brooks, Oklahoma City Thunder (15-4)
9. Mike Budenholzer, Atlanta Hawks (11-10)
10. Steve Clifford, Charlotte Bobcats (10-11)
>> Quem vai levar Arquivo: Sexto Homem | MIP | DPOY | Novatos | MVP
>> Brasileiros na NBA | NBA LEAGUE PASS


No momento, quem melhor está sabendo usar as suas armas é, sem dúvida, Frank Vogel, treinador do Indiana Pacers. Desde que assumiu o comando do time, em 2011, a equipe evoluiu a cada ano, e agora joga, de longe, seu melhor basquete. Mesmo que saia derrotado pelo Miami Heat no duelo desta terça à noite, Indiana segue sendo o melhor time da Conferência Leste, e mesmo que seu retrospecto esteja inflado pelo absoluto lixo que é o resto da conferência, sua campanha contra o Oeste ainda é um excelente 6-2.

O Pacers é o melhor time em Defensive Rating (pontos cedidos a cada 100 posses de bola), com 93,2, e tem o segundo melhor Net Rating (diferença entre Offensive Rating e Defensive Rating) da liga, com 9,1. É a equipe mais completa da NBA no momento.

Muito próximo de Vogel, está um treinador que merece o prêmio todos os anos: Gregg Popovich, considerado por muitos o melhor técnico da NBA. Mesmo com Tim Duncan enfim mostrando sinais de queda de rendimento e sem Kawhi Leonard dar o "salto" a nível de superastro que se esperava após sua performance cintilante nos playoffs, o San Antonio Spurs ainda é o melhor time em Net Rating da NBA, com 9,7. A taxa de assistências por turnover também é a melhor da NBA, com 1,68.

O prêmio de Técnico do Ano, porém, nem sempre se reserva aos líderes dos melhores times. Muito frequentemente, o vencedor é o treinador de alguma equipe que supera as expectativas. Neste ano, nenhum desses técnicos está impressionando o suficiente para, na minha opinião, ameaçar por enquanto Vogel e Pop, e, logo abaixo, Terry Stotts (Portland Trail Blazers) e Erik Spoelstra (Miami Heat). Porém, vale reconhecer com lugares no Top 10 os trabalhos de Jeff Hornacek (Phoenix Suns), Mike Budenholzer (Atlanta Hawks) e Steve Clifford (Charlotte Bobcats). Os três estreantes comandam times que, esperava-se, competiriam pelas últimas colocações, mas estão brigando por vagas nos playoffs. Hornacek, em especial, comanda um time que está na duríssima Conferência Oeste, mas que no momento está em oitavo lugar, à frente de times de que se esperava muito, como Golden State Warriors, Memphis Grizzlies e Minnesota Timberwolves.

Budenholzer encaixou Paul Millsap ao lado de Al Horford, ajudou Jeff Teague a dar um salto de qualidade e conseguiu extrair o máximo de jogadores limitados como DeMarre Carroll e Cartier Martin. Clifford transformou o Charlotte Bobcats num time decente defensivamente - mesmo com Al Jefferson e Josh McRoberts como titulares! O time de Michael Jordan cede apenas 97,7 pontos a cada 100 posses, a terceira melhor marca da NBA, o que seria ainda mais sensacional se Charlotte conseguisse pontuar do outro lado da quadra, onde tem o offensive rating de 95,5 pontos, o terceiro pior.

Outro que está na corrida, mas ainda não entrou no meu top 10, é o estreante Brad Stevens, do Boston Celtics. Está aí um time que era visto por todos como um dos piores elencos da NBA, e ainda mais enfraquecido sem o armador Rajon Rondo. Mesmo assim, Boston estaria hoje nos playoffs independentemente de sua liderança na Divisão Atlântico (ah, o Leste…) e vem mostrando melhoras a cada jogo. Se mantiver o ritmo de evolução, Stevens vai subir rapidamente na lista dos melhores técnicos da NBA.

>> Brasileiros na NBA | NBA LEAGUE PASS

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Pelicans vs. Nuggets

    Tyreke Evans scored 22 points and Omer Asik grabbed 16 rebounds as the Pelicans win on the road against the Nuggets.
  • Thunder vs. Lakers

    Serge Ibaka and D.J. Augustin both scored 18 points as the Thunder rumbled past the Lakers.
  • Nelson & Barton Alley-Oop

    Jameer Nelson steals the ball and connects with Will Barton on the alley-oop.
  • Curry's 37 Points

    Stephen Curry records 37 points and five assists to lead the Warriors' to a comeback win over the Celtics.
  • Sixers vs. Pacers

    Roy Hibbert scored 14 points and grabbed 15 rebounds as the Pacers topped the Sixers.
  • Barton Goes Under

    Will Barton goes under the basket and gets the jam.
  • Gallinari Steals & Beats The Buzzer

    Danilo Gallinari steals a pass and nails a half court shot as time expires.
  • Lillard's 31 Points

    Damian Lillard records 31 points and seven assists to lead the Blazers over the Kings.
  • Trail Blazers vs. Kings

    Damian Lillard scores 31 points, LaMarcus Aldridge adds a double-double as the Blazers defeat the Kings.
  • Warriors vs. Celtics

    Stephen Curry scores 37 points, Draymond Green adds a double-double as the Warriors come back to beat the Celtics.
  • Hornets vs. Magic

    Mo Williams records 23 points and 11 assists, Al Jefferson adds a double-double as the Hornets defeat the Magic.
  • Ibaka Blocks

    Serge Ibaka denies Jordan Hill on the slam dunk attempt.