Guilherme Buso deu seus primeiros arremessos numa quadra de basquete aos 9 anos de idade. Desde então, disputou todos os campeonatos das categorias de base, atuou por uma temporada de High School nos Estados Unidos e foi parte da equipe adulta de Santo André até sua formação acadêmica como jornalista na Universidade Metodista. Produziu o documentário "Bola ao Cesto", que faz uma retrospectiva detalhada da Seleção Brasileira de basquete masculina. Foi repórter da TV Federação Paulista de Futebol, mas jogar, assistir e comentar os jogos da bola laranja sempre foram sua tarefa predileta. Atualmente, é gerente de comunicação da Liga Nacional de Basquete e escreve para a NBA desde 2007.

Mano a Mano – Votação do All Star Game: Conferência Leste

- Mano a Mano -

No Brasil, é muito comum as famílias se reunirem para falar de futebol. Mas no caso deles, o tema principal dos longos bate-papos sempre foi o basquete. Inspirados pelo pai, Guilherme e Gabriel Buso jogaram basquete desde garotinhos na cidade de Santo André. Coincidentemente, ambos fizeram intercâmbio nos Estados Unidos, no estado de Kentucky, conhecida como uma das grandes capitais da modalidade no país. E por todas essas razões, o esporte da bola laranja é uma paixão inexplicável para ambos. Todas as sextas-feiras, os dois irmãos estarão aqui na NBA Brasil para fazer o que eles mais gostam: falar do maior basquete do mundo. E você é o nosso convidado para participar desse grande debate, afinal, todos nós fazemos parte da mesma família basqueteira.

>> Teste Grátis o NBA League Pass | Kings x Thunder | Chalk Talk



Todo ano, os fãs do basquete aguardam ansiosamente pelo All-Star Game. As maiores estrelas da NBA se reúnem para defender suas respectivas conferências num jogo festivo no meio da temporada, que já existe desde 1951. New Orleans será a sede pela segunda vez do evento, que neste ano, será realizado no dia 16 de fevereiro.

Os cinco titulares de cada equipe são escolhidos a partir de uma votação entre os internautas. Na terceira parcial, divulgada dia 09 de janeiro, LeBron James, do Miami Heat, e Kevin Durant, do Oklahoma City Thunder, lideram suas respectivas conferências. O ala do Miami foi o mais votado até então com 1,076,063, apenas 21,854 votos à frente de Durant.

No Leste, o ala do Indiana Pacers, Paul George (899,671), e o ala do New York Knicks, Carmelo Anthony (702,869), lideram a lista de alas. O líder entre os armadores é Dwayne Wade, do Miami Heat, com 718,109, seguido pelo armador do Cleveland Cavaliers, Kyrie Irving (652,522).

Além de Durant, os alas mais votados na Conferência Oeste são Dwight Howard (509,116) e Blake Griffin (500,964), do Houston Rockets e Los Angeles Clippers, respectivamente. As poucas atuações na temporada não tiraram a liderança das mãos do ala/armador do Los Angeles Lakers, Kobe Bryant (844,538), entre os armadores do Oeste. O armador do Golden State Warriors, Stephen Curry, vem na vice-liderança com 677,372.

A votação ainda está aberta e será encerrada na próxima segunda-feira, dia 20 de janeiro. Não deixe de votar nas estrelas do All-Star Game! Será que Guilherme e Gabriel Buso têm escolhas muito diferentes da maioria? Quais são os seus times ideais?

Guilherme Buso
NBA Brasil
Análise do Guilherme

Na Conferência Leste está bem complicado de montar uma equipe com brilho de All-Star Game, hein Bel? Mas, vamos começar pelos nomes que não podem ficar de fora: LeBron James, Paul George e Roy Hibbert. O ala do Miami Heat é a maior estrela da atualidade e não é a toa que lidera a votação do público. Com dois títulos da NBA e quatro troféus de MVP na carreira, James é o melhor exemplo do que um jogo como esse precisa: um ídolo que arremessa, enterra e sabe dar show em quadra graças ao carisma com o público e as câmeras.

Paul George também é outro atleta que vai ser figurinha carimbada nos All-Star Game por muito tempo. Sua estreia no evento foi no ano passado, quando estava começando a despontar como uma das grandes promessas da NBA. Nesta temporada, o ala do Indiana Pacers provou que já é uma realidade e, tecnicamente, tem que ser titular do Leste.

Mesma explicação eu dou para Roy Hibbert, que ao lado do seu companheiro citado acima, comanda o Indiana a uma das melhores campanhas da temporada. O gigante, de 2,18m tem se tornado um dos grandes pivôs da liga e merece estar mais uma vez no jogo.

Agora que começa a complicar, pois depois de Indiana Pacers e Miami Heat, nenhum outro time dessa conferência mereceria estar no All-Star Game. Exagerei. A verdade é que o lado Leste possui 11 dos 15 times com campanhas abaixo de 50% de aproveitamento. Isso, com certeza, atrapalha a escolha de estrelas para o evento, pois o desempenho dos atletas nesta temporada não tem sido muito bons.

Com Derrick Rose fora e Dwyane Wade e Deron Williams jogando bem mais ou menos, vou ficar com uma dupla que me encanta na armação: John Wall, do Washington Wizards, e Kyrie Irving, do Cleveland Cavaliers. Apesar de ambos não estarem liderando seus times a campanhas fantásticas na temporada, Wall e Irving são jovens extremamente talentosos e que vão ganhando, a cada ano, o espaço entre os grandes “baixinhos” do campeonato.

Kyrie Irving
Cleveland Cavaliers
John Wall
Washington Wizards
Paul George
Indiana Pacers
LeBron James
Miami Heat
Roy Hibbert
Indiana Pacers

Gabriel Buso
NBA Brasil
Análise do Gabriel

Diferentemente da Conferência Oeste, onde concordamos com apenas dois jogadores, aqui nos entendemos um pouquinho melhor. Há apenas uma escolha diferente.

Não vejo necessidade de me estender na defesa do meu primeiro escolhido entre os alas. Após duas temporadas perfeitas (2x MVP, 2x MVP das Finais e bicampeão da NBA), LeBron James vem confirmando mais uma vez porque é o melhor jogador do planeta.

A cada semana, Paul George vem fortalecendo o seu nome entre os candidatos a MVP de 2013/2014. Seu Pacers é o líder da Conferência Leste e uma das grandes (se não a maior) ameaças ao tricampeonato do Miami Heat. Com apenas 23 anos de idade, George vem mostrando muita maturidade e poder de liderança.

Roy Hibbert não tem números expressivos no ataque (12.5 ppj), porém é na defesa que o pivô mostra toda a sua importância. Além de ser o vice-líder em tocos na temporada, é um dos motivos pelo qual a sua equipe é a única da liga a permitir menos de 90 pontos por jogo.

Gui, gosto da sua preferência por John Wall. Rajon Rondo ainda não entrou em quadra, Derrick Rose mal jogou e Deron Williams perdeu uma série de jogos. O espaço foi aberto para jovens talentos como Wall e Kyrie Irving. Wall, com médias de 19.6 ppj e 8.6 apj, vem sendo a grande referência de uma equipe que tem tudo para voltar aos Playoffs, após uma a péssima campanha na temporada passada.

Agora que eu tenho que discordar de você. Mesmo descansando em alguns jogos, Dwayne Wade continua sendo um dos melhores da liga. Suas médias de 19.6 ppj, 4.9 rpj, 4.8 apj e mais de 54% no aproveitamento de arremessos de quadra contribuem, mais uma vez, para o favoritismo do atual bi-campeão. Quando pensamos que está acabando o gás do tricampeão, D-Wade faz atuações fantásticas como a do dia 19 de dezembro, quando o Miami venceu o Indiana por 97 a 94.

John Wall
Washington Wizards
Dwyane Wade
Miami Heat
Paul George
Indiana Pacers
LeBron James
Miami Heat
Roy Hibbert
Indiana Pacers

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Rockets vs. Kings

    Ray McCallum scores 29 points and grabs nine rebounds as the Kings beat the Rockets on Monday night.
  • Kings, McCallum Accept Trophies

    The Sacramento Kings and MVP Ray McCallum are presented with the Summer League championship trophy
  • Backyard Hoops

    Ray McCallum hits a crazy one-legged three to highlight the Sacramento comeback.
  • Johnson Takes Flight

    Nick Johnson takes the nice feed and deposits the reverse slam with ease.
  • McLemore Explodes to the Rim

    Ben McLemore drives the lane and flushes with the right hand.
  • Canaan Denied

    Eric Moreland swats the Isaiah Canaan offering with authority.
  • Kings vs. Wizards

    MarShon Brooks scores 14 points, Ray McCallum adds 11 points, as the Kings beat the Wizards 74-62 to advance to the Summer League Finals game.
  • Postgame: Ray McCallum

    Ray McCallum speaks to Rick Fox after scoring 11 points in a victory over the Wizards.
  • Oriakhi Cleans Up

    Nik Stauskas misses on the triple, and Alex Oriakhi cleans up strong with the putback dunk.
  • Oriakhi Cleans Up

    Nik Stauskas misses on the triple, and Alex Oriakhi cleans up strong with the putback dunk.
  • Hornets vs. Rockets

    Isaiah Canaan scores 24 points, Donatas Motiejunas adds 18 points as the Rockets beat the Hornets 83-79 to advance to the Summer League Finals game.
  • Mitch Richmond Interview

    Mitch Richmond speaks with Rick Fox about being inducted into the Naismith Hall Of Fame, and about the Sacramento Kings change of culture.