Kobe Bryant ultrapassa a marca de 30 mil pontos, faz história e ajuda Lakers a vencer os Hornets

Foi uma noite histórica essa a de quarta-feira (5) para a NBA. Em New Orleans, os Los Angeles Lakers foram enfrentar os donos da casa, New Orleans Hornets (que futuramente poderá ser New Orleans Pelicans). Kobe Bryant foi para a quadra precisando de singelos 13 pontos para alcançar a incrível marca de ser um dos maiores pontuadores da liga, com 30 mil pontos.

Quando dizem que Kobe Bryant é para o basquete atual o que Pelé foi para o futebol, ou o que Beethoven e Mozart foram para a música ou até mesmo o que Michael Jordan foi para o próprio basquete, não estamos comparando de forma errada, pois sim, Kobe é um dos maiores jogadores de basquete da história desse planeta. E ele provou suas habilidades ao longo de sua carreira, chegando a essa histórica marca de 30.000 pontos.

Kobe Bryant entrou para uma seleta e pequena lista de jogadores que tem 30.000 ou mais pontos na carreira, somando 30.016 pontos, sendo o quinto jogador dessa lista e o mais jovem a alcançar essa marca. O primeiro é Kareem Abdul-Jabbar (38.387), que alcançou esse feito aos 36 anos. Na sequencia, e com a mesma idade que Kareem, Karl Malone (36.928); o grande Michael Jordan é o terceiro (32.292) e entrou para a galeria aos 38 anos; o quarto é o grande dominador dos garrafões da época, Wilt Chamberlain (31.419), aos 35 anos. Esses são os cinco grandes que tem compõem esse hall da NBA, que serão exclusivos para poucos.

Desses que tem mais de 30 mil pontos, quatro deles atuaram ou atuam pelos Lakers: Kareem, Karl Malone, Wilt Chamberlain e Kobe. Jordan é o único que não atuou. Uma grande coincidência, já que é certeza que, não importasse onde esses jogadores estivessem atuado, suas habilidades com a bola na mão seriam esplendorosas.

O ala/armador, que saiu diretamente do High School (o ensino médio norte-americano) para a NBA, sem passar por qualquer universidade, vem se mostrando maduro em todo o seu tempo de liga. Estreou aos 18 anos de idade e hoje, aos 34, depois de 17 temporadas, ainda continua mostrando seu brilho e potencial. Kobe quebrou vários recordes da NBA e da franquia que atuou desde que entrou na liga – uma parceria que deu certo. Um dos marcos mais importantes de Kobe foi os 81 pontos que ele fez contra o Toronto Raptors, se tornando o segundo maior pontuador em uma única partida da NBA, atrás apenas de Wilt, que fez 100.

São 43. 077 minutos jogados, 1.540 bolas de três pontos convertidos, 7.546 lances-livres que entraram, uma “porrada” de bolas de dois pontos, milhares de assistências e outros tantos tocos.

Esse é Kobe Bryant, o mito, o histórico, o astro, O KOBE!

O dia 5 de dezembro de 2012 nunca mais será lembrado apenas como o dia 5 de dezembro. Esse é um marco para a NBA e todos seus fãs espalhados pelo mundo.

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Brewer Dunk

    Cory Brewer steals the ball and goes coast-to-coast for the slam.
  • Cleaning the Glass

    Anthony Bennett cleans the glass with a major slam.
  • Ilyasova Circus Shot

    Ersan Ilyasova drives the basket and gets the circus shot to drop.
  • Rookie Duel: Parker v. Wiggins

    Jabari Parker and Andrew Wiggins, the two top picks in the 2014 NBA Draft, faced one another for the first time in the regular season.
  • Grizzlies vs. Lakers

    Marc Gasol (19 points, 11 rebounds) leads the Grizzlies to a 99-93 victory over the Lakers
  • Nuggets vs. Suns

    Gerald Green scores 24 points in the Suns 120-112 win over the Nuggets.
  • Bucks vs. Timberwolves

    Larry Sanders scores 15 points, grabs seven rebounds and adds five blocks to help Bucks to a 103-86 victory over the Timberwolves.
  • Pacers vs. Spurs

    Manu Ginobili scores 28 points in the Spurs 106-100 win over the Pacers.
  • Ginobli Plus One

    Manu Ginobili uses the window to get the layup and foul.
  • Another Davis Block

    Ed Davis with another monstrous block on the Grizzlies.
  • Leonard Splits The D

    Kawhi Leonard goes behind his back to get the tough layup in traffic.
  • Miles Buzzer Beater

    C.J. Miles 3-pointer beats the 3rd quarter buzzer.