Foi a paixão pelos esportes que fez com que esse ex-administrador de empresas resolvesse tornar-se jornalista. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já escreveu sobre esportes em vários sites e blogs e hoje é o responsável pelo setor de jornalismo de uma grande empresa de cosméticos da região do ABCD paulista. Porém, sua grande motivação ainda reside em comentar e escrever sobre eventos esportivos, especialmente o basquete. É fã e grande colecionador de artigos da NBA desde quando assistiu sua primeira partida ao vivo na antiga Miami Arena há 15 anos.

Recuperando O Respeito

Uma das mais populares franquias da NBA, o New York Knicks passou por momentos bastante turbulentos nas últimas temporadas. Derrotas tornaram-se freqüentes, participações em playoffs ficaram escassas e o time passou, inclusive, a ser motivo de chacotas.

Porém, nesta temporada a equipe se reforçou pontualmente. Chegaram o excelente armador, Raymond Felton, ex-Charlotte Bobcats, e o badalado ala-pivô Amar’e Stoudemire, ex-Phoenix Suns. As duas contratações mudaram a cara do time e o resultado foi imediato. Até agora foram 26 vitórias e 24 derrotas (um saldo positivo que há tempos não ocorria) e a sexta colocação na classificação geral da Conferência Leste.

Mais importante é que a equipe vem jogando muito bem, tem o segundo melhor ataque da liga e vem obtendo vitórias convincentes. Foram duas contra o Chicago Bulls (que tem se mostrado muito forte e deverá dar trabalho nas fases finais da liga), terceiro colocado do Leste e virtual adversário nos playoffs, uma contra o San Antonio Spurs, líder geral da NBA, além de vitórias contra New Orleans, Denver Nuggets e Oklahoma City Thunder. Sem esquecer que recentemente o Knicks bateu o super favorito Miami Heat no Madison Square Garden com uma atuação bastante convincente.

Apesar do bom quinteto titular, a equipe ainda sofre pela ausência de um banco de reservas mais qualificado e de uma defesa mais eficiente. São poucos jogadores utilizados na rotação, o que faz com que Raymond Felton, Amar’e Stoudemire, Danilo Galinari e Wilson Chandler permaneçam muito tempo em quadra. Tudo leva a crer que até o final do período de trocas a diretoria do Knicks tente a contratação de pelo menos mais um grande jogador para fortalecer o time para a fase decisiva da NBA. O nome de Carmelo Anthony do Denver Nuggets foi novamente ventilado em uma troca que também envolveria o Minnesota Timberwolves e que certamente cairia como uma luva para a equipe, deixando-a pronta para fazer frente a qualquer time da NBA.

Independente disso, os Knicks estão recuperando o respeito perdido, e uma classificação aos playoffs parece certa. Os bons tempos de Patrick Ewing, Larry Johnson e Charles Oakley parecem bem próximos de um retorno em breve. Spike Lee agradece!

NBA nas redes sociais

Vídeo