Guilherme Buso deu seus primeiros arremessos numa quadra de basquete aos 9 anos de idade. Desde então, disputou todos os campeonatos das categorias de base, atuou por uma temporada de High School nos Estados Unidos e foi parte da equipe adulta de Santo André até sua formação acadêmica como jornalista na Universidade Metodista. Produziu o documentário "Bola ao Cesto", que faz uma retrospectiva detalhada da Seleção Brasileira de basquete masculina. Foi repórter da TV Federação Paulista de Futebol, mas jogar, assistir e comentar os jogos da bola laranja sempre foram sua tarefa predileta. Atualmente, é gerente de comunicação da Liga Nacional de Basquete e escreve para a NBA desde 2007.

Fábrica de estrelas

A Universidade de Kentucky sempre foi uma das maiores potências do basquete universitário masculino norte-americano. Já disse aqui algumas vezes que tive a felicidade de poder conhecer de perto toda essa rica história esportiva dos Wildcats, pois morei um ano na pequena cidade de Middleburg, no estado de Kentucky.

Em sua história, UK revelou uma série de excelentes jogadores para a NBA. Nomes como Pat Riley, Rex Chapman, Sam Bowie (aquele que ficou na frente do Michael Jordan no Draft de 84), Jamal Mashburn, Tony Delk, Tayshaun Prince, Rajon Rondo já vestiram a camisa da Big Blue Nation.

Além de celeiro de craques, Kentucky também é uma das equipes que mais venceu partidas e títulos na NCAA (liga universitária norte-americana). O time de Lexington foi o primeiro a atingir a marca das 2000 vitórias no campeonato, feito alcançado recentemente, em 2009. Além disso, a equipe é a segunda que mais vezes foi campeã, com oito troféus dourados, contra 11 da UCLA.

Mas toda essa tradição, essa força da camisa passou a ter um peso ainda maior nos últimos três anos. Após a chegada do técnico John Calipari, em 2009, a Universidade de Kentucky atingiu um novo patamar, que vem evoluindo a cada temporada.

No final da temporada 2009/2010, Kentucky bateu um recorde histórico de ter cinco jogadores escolhidos na primeira rodada do Draft da NBA, com John Wall (1º), DeMarcus Cousins (5º), Patrick Patterson (14º), Eric Bledsoe (18º) e Daniel Orton (29º). O mais interessante de tudo isso é que a equipe caiu nas quartas de final do campeonato universitário daquela temporada, mas mesmo assim conseguiram ser a grande sensação do ano.

Em 2011, os Wildcats cederam mais quatro atletas para a NBA. Dessa vez, sem tanta badalação quanto à classe anterior, mas, mesmo assim, um problema para a cabeça do técnico John Calipari, que em dois anos perdeu simplesmente nove atletas.

No entanto, quando se achava que UK teria uma dificuldade para renovar seu elenco, Coach Cal conseguiu recrutar mais uma série de jovens talentos, que não só fizeram uma excelente temporada 2011/2012, como também foram campeões da NCAA. Feito inacreditável para uma jovem equipe liderada por três freshmen (novatos) e dois sophomores (segundo anistas) no time titular.

O resultado dessa brilhante equipe de Kentucky só poderia ser um: todos os principais jogadores selecionados no Draft da NBA. Com a posição número 1, o New Orleans Hornets ficou com o pivô Anthony Davis, seguido pela segunda escolha, do Charlotte Bobcats, o ala Michael Kidd-Gilchrist. Mais uma vez o time de Kentucky quebrou um recorde histórico, pois nunca uma universidade teve dois jogadores nas duas primeiras posições da loteria.

Além dos dois freshmen, outros quatro atletas dos Wildcats foram escolhidos: o ala/pivô Terrence Jones (18º), o armador Marquis Teague (29º), o ala/armador Doron Lamb (42º) e o ala Darius Miller (46º).

Nos últimos três anos, Kentucky cedeu a NBA um incrível número de 15 jogadores e do jeito que Calipari vem levando as coisas lá no interior dos Estados Unidos é bem provável que esse não pare tão rápido de crescer.

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Rockets vs. Kings

    Ray McCallum scores 29 points and grabs nine rebounds as the Kings beat the Rockets on Monday night.
  • Kings, McCallum Accept Trophies

    The Sacramento Kings and MVP Ray McCallum are presented with the Summer League championship trophy
  • Backyard Hoops

    Ray McCallum hits a crazy one-legged three to highlight the Sacramento comeback.
  • Johnson Takes Flight

    Nick Johnson takes the nice feed and deposits the reverse slam with ease.
  • McLemore Explodes to the Rim

    Ben McLemore drives the lane and flushes with the right hand.
  • Canaan Denied

    Eric Moreland swats the Isaiah Canaan offering with authority.
  • Kings vs. Wizards

    MarShon Brooks scores 14 points, Ray McCallum adds 11 points, as the Kings beat the Wizards 74-62 to advance to the Summer League Finals game.
  • Postgame: Ray McCallum

    Ray McCallum speaks to Rick Fox after scoring 11 points in a victory over the Wizards.
  • Oriakhi Cleans Up

    Nik Stauskas misses on the triple, and Alex Oriakhi cleans up strong with the putback dunk.
  • Oriakhi Cleans Up

    Nik Stauskas misses on the triple, and Alex Oriakhi cleans up strong with the putback dunk.
  • Hornets vs. Rockets

    Isaiah Canaan scores 24 points, Donatas Motiejunas adds 18 points as the Rockets beat the Hornets 83-79 to advance to the Summer League Finals game.
  • Mitch Richmond Interview

    Mitch Richmond speaks with Rick Fox about being inducted into the Naismith Hall Of Fame, and about the Sacramento Kings change of culture.