Guilherme Buso deu seus primeiros arremessos numa quadra de basquete aos 9 anos de idade. Desde então, disputou todos os campeonatos das categorias de base, atuou por uma temporada de High School nos Estados Unidos e foi parte da equipe adulta de Santo André até sua formação acadêmica como jornalista na Universidade Metodista. Produziu o documentário "Bola ao Cesto", que faz uma retrospectiva detalhada da Seleção Brasileira de basquete masculina. Foi repórter da TV Federação Paulista de Futebol, mas jogar, assistir e comentar os jogos da bola laranja sempre foram sua tarefa predileta. Atualmente, é gerente de comunicação da Liga Nacional de Basquete e escreve para a NBA desde 2007.

Bela oportunidade

No último dia de transferências da temporada 2011/2012 da NBA, o Indiana Pacers anunciou a contratação do ala/armador brasileiro Leandrinho Barbosa, que estava no Toronto Raptors. A notícia é ótima, já que o jogador terá a oportunidade de atuar por uma equipe que vem fazendo um bom campeonato, quinto lugar na Conferência Leste, e deve chegar tranquilamente aos playoffs.

Leandrinho vem tendo um bom desempenho nesta temporada, mas a missão de jogar numa equipe sem muitas pretensões não é nada fácil. Os Raptors estão na antepenúltima colocação na Conferência Leste e venceram um pouco mais de 30% dos jogos disputados. A equipe está longe de almejar uma vaga para os playoffs.

Indo para os Pacers, o ala/armador brasileiro, talvez, não tenha o mesmo tempo de quadra que tinha em Toronto (média de 22,5 minutos por jogo) nem as mesmas oportunidades ofensivas (média de 12,2 pontos). Porém, o fato de poder fazer parte de uma equipe que estará nos playoffs supera tudo isso.

O brasileiro será mais uma peça importante no elenco dos Pacers, substituindo os armadores titulares Darren Collison e Paul Geroge e dividindo espaço com George Hill e Danthay Jones. Essa será mais uma boa oportunidade para Leandrinho mostrar seu jogo, que na temporada 2006/2007 rendeu a ele o título de Melhor Sexto Homem da NBA, quando atuava pelo Phoenix Suns.

Sem NBB, só NBA

O único fato ruim dessa ida de Leandrinho para os Pacers é que o possível retorno do brasileiro para defender o Flamengo na fase final do NBB ficou bem mais difícil de ser concretizado. Como os playoffs da NBA se iniciam no dia 28 de abril e o time de Indiana deve participar, o ala/armador estaria liberado, caso sua equipe perca logo de cara, no início de maio, durante as semifinais da competição nacional.

NBA nas redes sociais

Vídeo