Adriano Albuquerque é jornalista esportivo e serviu como editor e repórter do site BasketBrasil (http://www.basketbrasil.com.br) por cinco anos, entre 2005 e 2010. Já passou pelas redações do diário LANCE! e do site Globoesporte.com, e cobriu diversos esportes como basquete, futebol americano, futebol, beisebol, streetball, tênis, vôlei e natação. Também foi assessor de imprensa da Federação de Futebol Americano do Rio de Janeiro e do Botafogo Mamutes. Atualmente, cobre MMA para o SporTV.com. É torcedor do Detroit Pistons desde os tempos dos Bad Boys de Isiah Thomas, Joe Dumars e Bill Laimbeer.

Corrida para o All-Star Game

Vou começar este post com uma ressalva: eu não acho que participar do All-Star Game é uma questão de mérito por feitos na temporada. Reconhecimento pelo que você faz na temporada é conquistado ao final do ano, quando são eleitos os times All-NBA. All-Star Game é para os fãs escolherem os jogadores que mais gostam e realizarem seus sonhos de vê-los jogando no mesmo time (exceto em Miami, onde os fãs podem ver isso todos os jogos...).

Porém, todavia, entretanto... O consenso geral é que o All-Star Game é um prêmio aos jogadores que tiveram melhor desempenho naquela temporada. Geralmente, a votação começa com pouco mais de um mês de temporada e você tem dois meses para escolher seus titulares. Com a temporada encurtada pelo locaute, porém, a eleição começou com apenas uma semana, e só temos um mês para votar! Pouquíssimo tempo para se avaliar e julgar quem merece ou não estar no All-Star Game...

Então, eu vou te dar uma mãozinha. Aqui vão minhas escolhas após duas semanas de temporada, e quem mais merece ir a Orlando para jogar como reserva por suas respectivas conferências.

* Todas as estatísticas citadas são do dia 9 de janeiro

ALAS

Oeste: Kevin Durant e Kevin Love

Durant é o melhor jogador do segundo melhor time do campeonato até aqui, o Oklahoma City Thunder. Por enquanto, é o favorito a MVP da temporada, numa disputa acirrada com LeBron James. É o quarto cestinha (25,7 pontos) e sua liderança em quadra é notável. Kevin Love, por sua vez, é o segundo melhor jogador no ranking de eficiência da NBA, atrás apenas de LeBron, e tem médias de 25,4 pontos e 15 rebotes. É o líder do Minnesota Timberwolves, que apesar de ainda não ter traduzido suas boas atuações em muitas vitórias, está em evolução e, acredite, pode brigar por playoffs no Oeste neste ano.

Outras opções: Blake Griffin, LaMarcus Aldridge, Pau Gasol

Leste: LeBron James e Carmelo Anthony

LeBron nem precisa de explicação. Está jogando tudo o que tem neste início de temporada, com médias de 30,1 pontos, 7,6 rebotes e 7,6 assistências, disparado no ranking de eficiência. Já Carmelo tem seus números intensificados por ser o "dono da bola" no New York Knicks, mas sua produção não pode ser subestimada só por conta disso: 27,1 pontos, 6,5 rebotes, 4,3 assistências, mais 1,1 roubo por partida. Números de All-Star, especialmente se comparado às produções do resto dos concorrentes à vaga de ala na cédula de votos da NBA...

Outras opções: Andrea Bargnani, Amar'e Stoudemire, Chris Bosh

ARMADORES

Oeste: Kyle Lowry e Kobe Bryant

A zebra da temporada: Lowry como titular no lugar de Chris Paul! Essa não vai sair do papel, porque os fãs certamente vão escolher CP3, mas Lowry é sem dúvida o melhor armador da NBA nesta temporada. Ele é o vice-líder em assistências, com 10 por jogo (numa batalha acirrada com Rajon Rondo), tem 15,3 pontos e dois roubos por jogo, além de um aproveitamento de 92,6% nos lances livres pelo Houston Rockets. É o quinto colocado no ranking de eficiência da NBA e o primeiro entre os armadores. Kobe, por sua vez, pode não ser mais o matador de alguns anos atrás, mas segue como um dos melhores e mais eficientes jogadores da NBA: 27,6 pontos, 5,8 rebotes e 6,1 assistências.

Outras opções: Monta Ellis, Chris Paul, Eric Gordon

Leste: Rajon Rondo e Derrick Rose

Rondo começou a temporada como no ano passado: como um monstro em todas as áreas, com médias de 14,8 pontos, 10,5 assistências, 5,1 rebotes e 1,8 roubo. O camisa 9 ainda melhorou seu maior defeito, o arremesso de fora, e está acertando 42,9% em chutes de 3 pontos. Virou o líder indiscutível do Celtics. Já Rose recebe o meu voto à frente de José Calderón porque segue sendo a principal referência do Chicago, vice-líder do Leste. Ele tem uma assistência a menos por jogo do que o espanhol, mas em compensação tem 19,4 pontos, contra 12,4 do adversário.

Outras opções: José Calderón, Dwyane Wade

PIVÔS

Oeste: Andrew Bynum

Bynum voltou de sua suspensão como um homem possuído, disposto a provar ao Lakers que o clube não precisa trazer Dwight Howard para lutar pelo título. Até agora, vem funcionando: 18,8 pontos e 15,7 rebotes, suas melhores marcas na carreira por ampla margem. O único outro pivô que chega perto disso no Oeste é Marc Gasol. Nenê, lesionado logo na segunda semana da temporada, deve ficar de fora de mais um All-Star.

Outras opções: Marc Gasol

Leste: Dwight Howard

Não tem nem como comparar a produção de D12 a de outros pivôs no Leste, mas talvez isso ajude você a entender o quanto Bynum está evoluído na temporada: Howard tem 18,8 pontos e 14,6 rebotes, quase o mesmo que o central do Lakers. Mesmo nos tocos, Howard tem 2,4 por jogo, contra 1,7 de Bynum. O "Superman" é o titular indiscutível do Leste, mas surpreendentemente, há bastante opção para a reserva - mais pela falta de um cara que esteja ali brigando mesmo do que pela grande qualidade de cada um. Os números das outras opções não impressionam tanto, mas são parelhos de forma a deixar em dúvida sobre quem merece mais uma oportunidade.

Outras opções: Andrew Bogut, Al Horford, Greg Monroe, Spencer Hawes, Tyson Chandler

BÔNUS: Candidatos aos concursos de Habilidades, 3 Pontos e Enterradas!

Habilidades: Rajon Rondo, Kyle Lowry, Ricky Rubio e Kyrie Irving
3 Pontos: Ray Allen, Paul George, Ryan Anderson, Richard Jefferson, Jason Terry e Stephen Curry
Enterradas: Blake Griffin, JaVale McGee, Derrick Williams e Rudy Gay

E vocês, quem vão eleger para o All-Star Game? Coloquem seus votos aí nos comentários!

NBA nas redes sociais

Vídeo