Adriano Albuquerque é jornalista esportivo e serviu como editor e repórter do site BasketBrasil (http://www.basketbrasil.com.br) por cinco anos, entre 2005 e 2010. Já passou pelas redações do diário LANCE! e do site Globoesporte.com, e cobriu diversos esportes como basquete, futebol americano, futebol, beisebol, streetball, tênis, vôlei e natação. Também foi assessor de imprensa da Federação de Futebol Americano do Rio de Janeiro e do Botafogo Mamutes. Atualmente, cobre MMA para o SporTV.com. É torcedor do Detroit Pistons desde os tempos dos Bad Boys de Isiah Thomas, Joe Dumars e Bill Laimbeer.

Hora do evento principal

Chegou o momento que todos esperavam. Miami Heat e Boston Celtics iniciam sua série semifinal da Conferência Leste neste domingo, dia 1º de maio. Não dá pra dizer que é uma final antecipada, porque a conversa sobre o título do Leste passa obrigatoriamente por Chicago, mas este confronto é certamente o que traz mais controvérsia e interesse nesta temporada.

Tudo começa pela montagem das duas equipes. Os astros de Miami se juntaram claramente inspirados no sucesso do Grande Trio de Boston. Se a articulação entre LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh nasceu mesmo durante as Olimpíadas de Pequim-2008, aconteceu semanas após o Celtics conquistar o troféu sob o comando de Ray Allen, Paul Pierce e Kevin Garnett. As seguidas frustrações combinadas de James, Wade e Bosh contra Boston reforçaram o sentimento de que a união de forças era o caminho para derrubar o gigante alviverde.

Se Miami se espelha em Boston e mede seu sucesso pela comparação com o rival, os dois lados criaram uma narrativa de oposição por toda a temporada. Essa relação também começou pela forma como o trio de South Beach se uniu: para o grande público, o alinhamento dos astros de Boston, através de trocas, foi mais “puro” do que o de Miami; Bosh e James foram acusados de sabotarem seus times anteriores e premeditarem sua reunião com Wade. A opulência de Miami para celebrar a chegada de suas novas estrelas também incomodou bastante o Celtics, que se sentiu desrespeitado na condição de atual campeão do Leste ao ouvir James declarar que os rubro-negros venceriam múltiplos títulos. Isso se transportou para a quadra, e o clima de rivalidade e desgosto entre os times ficou transparente nos quatro confrontos da temporada regular, num nível que não vemos mais na NBA politicamente correta de hoje em dia.

O desenvolvimento da temporada também teve trajetórias opostas. Enquanto Boston começou o ano tinindo, com atuações irrepreensíveis em ambos os lados da quadra, Miami sofreu para encontrar o entrosamento ideal. Foi mais difícil se acostumar a jogar em equipe e dividir toques do que James, Wade e Bosh esperavam. Eles não tinham um Rajon Rondo para distribuir o jogo magistralmente. Porém, com o decorrer do campeonato, o próprio Celtics não pôde mais contar com este Rondo, que sofreu lesões seguidas e caiu de produção, levando o time consigo. O Heat melhorou nesta posição com a chegada de Mike Bibby e a evolução de Mario Chalmers, e conseguiu crescer na reta final para tomar a vantagem no mando de quadra no confronto. Apenas uma semelhança restou entre os dois: a irregularidade de seus reservas. Danny Ainge ainda tentou salvar o banco alviverde com uma troca em que sacrificou Kendrick Perkins, mas o tiro saiu pela culatra, já que os novatos tiveram dificuldades de adaptação e Shaquille O’Neal segue como dúvida para a posição 5 titular.

Todas estas mudanças não diminuíram o interesse por esta série, que é impossível de se prever. A expectativa geral, tanto pela lógica quanto pela vontade, é de um confronto de sete jogos. Quem vencerá quatro primeiro? Ainda bem que começaremos a descobrir logo neste domingo...

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • James Gets Busy

    Mike James abuses the defender with the sick step back jumper and drills the triple.
  • Simmons and Graham Highlights

    Check out the highlights from Jonathan Simmons (Championship game MVP, 23 points) and Treveon Graham (22 points) in the Spurs win over the Suns.
  • Oop to Simmons

    Kyle Anderson launches the deep alley-oop lob to Jonathan Simmons who throws it down with two hands.
  • Anderson's Amazing Dime

    Kyle Anderson delivers the amazing behind-the-back dish to Shannon Scott for the deuce.
  • Suns vs. Spurs

    Becky Hammon guides the Spurs to the Las Vegas Summer League title as Jonathan Simmons wins championship game MVP in the 93-90 win over the Suns.
  • Spurs Win Summer League Championship

    Becky Hammon leads the San Antonio Spurs to a championship in the Las Vegas Summer League. Jonathan Simmons wins Summer League Championship game MVP.
  • Spurs Win Summer League Championship

    Becky Hammon leads the San Antonio Spurs to a championship in the Las Vegas Summer League. Jonathan Simmons wins Summer League Championship game MVP.
  • Quick Steal and Slam

    Mike James makes the quick steal and goes in for the one-hand jam.
  • Quick Steal and Slam

    Mike James makes the quick steal and goes in for the one-hand jam.
  • Atkins And-one

    Darion Atkins follows the miss with an athletic tip-in plus the foul.
  • Jeff Hornacek Interview

    Suns head coach Jeff Hornacek talks about his team during the Vegas Summer League championship game.
  • Anderson's 22 Points

    Kyle Anderson puts up 22 points and eight rebounds to lead the Spurs over the Hawks.