Adriano Albuquerque é jornalista esportivo e serviu como editor e repórter do site BasketBrasil (http://www.basketbrasil.com.br) por cinco anos, entre 2005 e 2010. Já passou pelas redações do diário LANCE! e do site Globoesporte.com, e cobriu diversos esportes como basquete, futebol americano, futebol, beisebol, streetball, tênis, vôlei e natação. Também foi assessor de imprensa da Federação de Futebol Americano do Rio de Janeiro e do Botafogo Mamutes. Atualmente, cobre MMA para o SporTV.com. É torcedor do Detroit Pistons desde os tempos dos Bad Boys de Isiah Thomas, Joe Dumars e Bill Laimbeer.

Adeus digno de Reis

A temporada regular da NBA acabou nesta quarta-feira, 13 de abril, o que significa que é hora de analisar cada time que vai aos playoffs, cada confronto da primeira rodada e assistir ao que promete ser uma das melhores pós-temporadas de todos os tempos.

Mas antes, é justo falar um pouco do time cuja história pode ter se encerrado nesta quarta: o Sacramento Kings.

Não poderia haver final mais significativo para uma temporada da NBA: o último jogo do último dia da temporada foi um duelo em Sacramento, entre o Kings e o Los Angeles Lakers, time que ajudou a tornar a Arco Arena em um dos ginásios lendários da história do basquete. Para quem acompanhou a NBA de perto no início do século XXI, quando as previsões apocalípticas sobre a queda de popularidade da liga dominavam a internet e o nível do basquete estava tão baixo que JR Rider era considerado um franchise player, o Sacramento Kings era um alento de basquete bom e divertido, e a Arco Arena bombava, sempre lotada de torcedores prontos para bater seus sinos de vaca para desconcentrar os adversários.

A noite foi um grande dejá vu: o ginásio, hoje com outro nome, estava lotado, os sinos estavam tocando, e o Kings usou defesa, velocidade e criatividade para reagir de uma desvantagem de 20 pontos e tomar a liderança, 99 a 96, com cerca de 8s por jogar. Não foi o final ideal para a torcida local, mas também pareceu justo que o fim do jogo tenha sido, mais uma vez, dominado por Kobe Bryant, que empatou com uma cesta de 3 pontos, bloqueou o arremesso de Marcus Thornton no soar da sirene e comandou a vitória na prorrogação. Afinal, foi na Arco Arena, contra o Kings, que boa parte da lenda de Kobe foi construída. O maior jogo da história do ginásio certamente foi o Jogo 7 das finais da Conferência Oeste de 2002, decidido na prorrogação com dois lances livres dele.

Até onde vi, Kobe não mostrou muita simpatia pela torcida e jogadores adversários – o que é de se esperar dele – mas a atitude de Derek Fisher, sempre muito respeitoso, foi louvável. O armador do Lakers reuniu os companheiros de equipe e os jogadores do Kings no meio da quadra, em volta do círculo central, e aparentemente comandou uma pequena oração, ou falou algumas palavras de encorajamento. É duro não saber qual vai ser seu futuro; se a empresa onde você trabalha vai mudar de cidade, isso implica várias mudanças, cortes, incertezas.

Hoje, quinta-feira, começa a reunião dos governadores da NBA, em que os proprietários do Kings, Joe e Gavin Maloof (que, não compareceram à partida), farão sua proposta de mudança da franquia para Anaheim. A NBA jamais vetou uma mudança de cidade, e o próprio prefeito de Sacramento, o ex-jogador Kevin Johnson, admite que é muito difícil que isso aconteça desta vez. Nem sei se torço para que a franquia fique, pois isso pode gerar uma situação bastante constrangedora para todos envolvidos e manteria o time no estado de limbo em que se encontra nos últimos quatro ou cinco anos.

Aconteça o que acontecer, fica meu agradecimento ao Sacramento Kings e aos seus fãs por terem mantido a chama da NBA acesa durante um de seus períodos mais sombrios. Boa sorte em sua luta! Longa vida aos Kings!

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Harden Scores 41, Rockets Win in OT

    James Harden scored 41 points, including eight in overtime, as the Houston Rockets beat the Denver Nuggets 115-111 on Wednesday night.
  • Lillard Shines

    Highlights from Damian Lillard as he scores 29 points and dishes out 7 assist in the Blazers win.
  • Lillard Shines

    Highlights from Damian Lillard as he scores 29 points and dishes out 7 assist in the Blazers win.
  • Rockets vs. Nuggets

    James Harden scores 41 points and dishes out 10 assists as the Rockets beat the Nuggets in overtime.
  • Griffin Leads Clippers to Home Win

    Blake Griffin had 31 points and 16 rebounds as the Los Angeles Clippers beat the Indiana Pacers 102-100 on Wednesday night.
  • Harden's Clutch Three

    James Harden drains a clutch three from the wing.
  • Bucks vs. Trail Blazers

    Damian Lillard scores 29 points and 7 rebounds as the Blazers defeat the Bucks 104-97.
  • Afflalo Forces Overtime

    Arron Afflalo knocks down a three from the wing.
  • Afflalo Forces Overtime

    Arron Afflalo knocks down a three from the wing.
  • Pacers vs. Clippers

    Blake Griffin scores 31 points and grabs 16 rebounds as the Clippers ground the Pacers in southern California.
  • Randolph's Big Night

    Highlights from Zach Randolph's big night as he scores 21 points and grabs 21 rebounds.
  • Randolph's Big Night

    Highlights from Zach Randolph's big night as he scores 21 points and grabs 21 rebounds.