Adriano Albuquerque é jornalista esportivo e serviu como editor e repórter do site BasketBrasil (http://www.basketbrasil.com.br) por cinco anos, entre 2005 e 2010. Já passou pelas redações do diário LANCE! e do site Globoesporte.com, e cobriu diversos esportes como basquete, futebol americano, futebol, beisebol, streetball, tênis, vôlei e natação. Também foi assessor de imprensa da Federação de Futebol Americano do Rio de Janeiro e do Botafogo Mamutes. Atualmente, cobre MMA para o SporTV.com. É torcedor do Detroit Pistons desde os tempos dos Bad Boys de Isiah Thomas, Joe Dumars e Bill Laimbeer.

Triste espetáculo

Eu juro que vou ficar pelo menos um mês sem falar do Miami Heat depois desses últimos posts... Mas após falar sobre o tão aguardado reencontro entre LeBron James e Cleveland Cavaliers, eu tinha que escrever alguma coisa sobre o jogo. Ou melhor, sobre o evento, porque o jogo...

É hipócrita da minha parte dizer que o confronto da noite passada foi superestimado. Eu mesmo superestimei. E durante os primeiros 15 minutos de transmissão, foi realmente interessante, foi tudo o que esperávamos e mais: a torcida vaiando LeBron intensamente desde o aquecimento... O Heat sendo apresentado ao som da Marcha Imperial de Guerra das Estrelas... A ovação dos torcedores quando Zydrunas Ilgauskas foi apresentado, claramente para provocar LeBron... Cleveland se alimentando da torcida e começando com intensidade, abrindo três pontos de vantagem... Os criativos gritos de “Akron te odeia”, fazendo referência à cidade-natal de James, vizinha a Cleveland...

Mas LeBron não se intimidou e marcou 10 pontos, cinco assistências e quatro rebotes já no primeiro quarto. Os gritos foram dando lugar a um silêncio de desgosto. Quando James foi para o banco, o jogo perdeu a graça de vez. Não tinha mais por que assistir. A torcida só queria saber de insultar LeBron, não parecia nem interessada no resto da partida. E a cada cesta do “Grande Trio” de Miami – James, Dwyane Wade e Chris Bosh combinaram para 39 pontos no primeiro tempo – comecei a me perguntar se aquilo era um sinal de que Miami realmente se encontrou graças à pressão desta última semana, ou se o Cavs é simplesmente mais um time inferior a ser dominado pelo Heat.

O segundo tempo foi deprimente. Em quadra, LeBron fazendo jogadas mágicas como fez constantemente na Q Arena; nas arquibancadas, os olhares desamparados dos torcedores, como se fossem a esposa traída vendo o ex-marido fazer as mesmas carícias de sempre, só que com sua nova mulher. Uma ou outra jogada de raça do Cavs, como um belíssimo contra-ataque puxado por Anderson Varejão, acordava os torcedores, que voltavam a gastar seus insultos.

Com 30 pontos de vantagem e o jogo resolvido, LeBron foi para o banco pelo resto do jogo. Seu dano – 38 pontos, oito assistências e cinco rebotes – já estava feito. Os torcedores resolveram xingar seu algoz mesmo quando o Cavs estava com a bola, alguns começaram a ficar mais agressivos, e a organização, para evitar problemas, passou a expulsar algumas pessoas. Outras simplesmente esvaziaram o ginásio por vontade própria, dando um toque final na depressão coletiva que foi esta noite. Placar final: Heat 118, Cavaliers 90.

Será que vai ser sempre assim quando James for a Cleveland? Vince Carter ainda ouve muito toda vez que vai a Toronto, e LeBron talvez significasse mais ainda para Cleveland. Espero que, mesmo que o ódio continue, a torcida do Cavaliers siga adiante com sua vida, para ajudar seu time a reencontrar seu rumo.

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Rockets vs. Kings

    Ray McCallum scores 29 points and grabs nine rebounds as the Kings beat the Rockets on Monday night.
  • Kings, McCallum Accept Trophies

    The Sacramento Kings and MVP Ray McCallum are presented with the Summer League championship trophy
  • Backyard Hoops

    Ray McCallum hits a crazy one-legged three to highlight the Sacramento comeback.
  • Johnson Takes Flight

    Nick Johnson takes the nice feed and deposits the reverse slam with ease.
  • McLemore Explodes to the Rim

    Ben McLemore drives the lane and flushes with the right hand.
  • Canaan Denied

    Eric Moreland swats the Isaiah Canaan offering with authority.
  • Kings vs. Wizards

    MarShon Brooks scores 14 points, Ray McCallum adds 11 points, as the Kings beat the Wizards 74-62 to advance to the Summer League Finals game.
  • Postgame: Ray McCallum

    Ray McCallum speaks to Rick Fox after scoring 11 points in a victory over the Wizards.
  • Oriakhi Cleans Up

    Nik Stauskas misses on the triple, and Alex Oriakhi cleans up strong with the putback dunk.
  • Oriakhi Cleans Up

    Nik Stauskas misses on the triple, and Alex Oriakhi cleans up strong with the putback dunk.
  • Hornets vs. Rockets

    Isaiah Canaan scores 24 points, Donatas Motiejunas adds 18 points as the Rockets beat the Hornets 83-79 to advance to the Summer League Finals game.
  • Mitch Richmond Interview

    Mitch Richmond speaks with Rick Fox about being inducted into the Naismith Hall Of Fame, and about the Sacramento Kings change of culture.