Adriano Albuquerque é jornalista esportivo e serviu como editor e repórter do site BasketBrasil (http://www.basketbrasil.com.br) por cinco anos, entre 2005 e 2010. Já passou pelas redações do diário LANCE! e do site Globoesporte.com, e cobriu diversos esportes como basquete, futebol americano, futebol, beisebol, streetball, tênis, vôlei e natação. Também foi assessor de imprensa da Federação de Futebol Americano do Rio de Janeiro e do Botafogo Mamutes. Atualmente, cobre MMA para o SporTV.com. É torcedor do Detroit Pistons desde os tempos dos Bad Boys de Isiah Thomas, Joe Dumars e Bill Laimbeer.

Horazinha ingrata!

Chegou aquela hora. Aquela que os fãs brasileiros da NBA detestam, literalmente.

22h. 23h. Meia-noite e meia. 1h da manhã. Escolha a que você odeia mais: são os horários de início dos jogos da liga durante a semana.

Se Deus criou o horário de verão, o Diabo certamente está por trás da invenção do fuso horário. Pegar uma horinha de sol após o final do expediente é uma das poucas recompensas que o trabalhador tem por seu sofrimento diário. A diferença de três horas entre a zona horária de Brasília e a da Costa Leste americana, que torna 20h da noite em Nova Iorque em 23h no Rio de Janeiro, é o preço a se pagar.

Os fãs brasileiros de NBA estão acostumados a viver a rotina de insones durante as temporadas do basquete americano. Mais da metade do campeonato se passa durante o trecho em que o horário de verão brasileiro coincide com o final do “Daylight Savings” dos EUA, jogando o Brasil um pouco à frente no tempo e os ianques, um pouco pra trás. Eu nunca tive problema com esse estilo de vida, até porque sempre trabalhei na cobertura dos jogos, o que me obrigava a ficar acordado até altas horas da madrugada para escrever sobre eles.

Para quem trabalha ou estuda pela manhã, porém, é terrível. É impossível ficar assistindo até tarde. Para acordar às 6h da manhã, o ideal é, no mínimo, dormir à meia-noite. Neste horário, muitos jogos nem começaram, e dificilmente algum já estará encerrado.

Eu estou vivenciando esta dificuldade no momento. Já começo a trabalhar pela manhã, e ficar acordado muito além de 1h me prejudica um pouco para o dia seguinte.

Antigamente, a TV Bandeirantes pelo menos passava alguns VTs de jogos da semana aos sábados para “matar a fome”. Hoje, temos algumas alternativas. Quem ainda tem videocassete, grava os jogos para ver depois, mas os avanços da tecnologia deixaram este recurso no passado para a maioria. Eu, graças a Deus (e ao emprego, que me permite pagar contas), posso rever os jogos na íntegra com o NBA League Pass. Tenho consciência, porém, que a maioria dos torcedores brasucas precisa que um jogo tenha um feriado ou fim-de-semana no dia seguinte para poder assistir.

Amigos, mantenham a fé. Já, já chega abril e os horários de verão trocam de país – ou seja, nosso tempo fica mais pertinho do deles, e passamos a viver apenas uma horinha na frente. Bem a tempo dos playoffs...

NBA nas redes sociais

Vídeo

  • Varejao Injury

    Anderson Varejao fights for the rebound and comes down awkwardly on his left leg and would sustain a leg injury.
  • Lillard and Westbrook Battle

    Check out the highlights from Damian Lillard and Russell Westbrook as they battle in OKC.
  • Warriors vs. Lakers

    Carlos Boozer scores 18 points in his new role off the bench, and the Lakers shock the league-leading Warriors 115-105 on Tuesday night without Kobe Bryant.
  • Postgame: Nick Young

    Nick Young talks postgame after the Lakers defeat the Warriors 115-105 on Tuesday night.
  • Andrew Wiggins Scores 27 Points Against Cavs

    Andrew Wiggins leads the Timberwolves in scoring with 27 points against the Cavaliers.
  • Lillard Scores 40

    Damian Lillard goes off for 40 points and delivers 11 assists in the Portland victory over the Thunder.
  • Mavericks vs. Suns

    Eric Bledsoe gets his second career triple-double as Phoenix wins its fourth in a row, beating the Mavericks 124-115.
  • Walker Goes Dancing

    Kemba Walker shakes things up with these nasty moves, ending the night with 27 points and four assists.
  • Westbrook Drops 40

    Russell Westbrook scores 40 points and grabs 10 rebounds against the Trail Blazers on Tuesday night.
  • Young's Dish to Johnson

    Nick Young feeds Wesley Johnson a perfect alley-oop.
  • Young's Dish to Johnson

    Nick Young feeds Wesley Johnson a perfect alley-oop.
  • Hornets vs. Bucks

    Kemba Walker scores 27 points and Gerald Henderson adds 16 as Charlotte holds off the Bucks 108-101 on Tuesday night.